Governo deve baixar medida provisória para inclusão de novas tecnologias no rol de planos de saúde

Prazo para que a ANS analise uma nova incorporação deve ser fixado em 180 dias

O governo deve baixar nas próximas horas uma medida provisória estabelecendo regras para a inclusão de novas tecnologias de saúde no rol de coberturas obrigatórias dos planos de saúde —como a quimioterapia oral.

PASSO

O prazo para a Agência Nacional de Saúde (ANS), que regula os planos, analisar uma nova incorporação deve ser fixado em 180 dias.

PASSO 2

Em julho, o presidente Jair Bolsonaro vetou proposta que obrigava a ANS a fazer a análise em 48 horas —tornando a inclusão automática em caso de omissão da agência.

Fonte: Folha de S. Paulo – 30/08/2021

Por Mônica Bergamo com Bruno B. Soraggi, Bianka Vieira e Victoria Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *