VGBL Saúde deve trazer ao mercado novos investidores.

Por Yolanda Fordelone
O fornecimento do serviço de é um grande gargalo no Brasil, em especial para a terceira idade. Tentando tornar o acesso à saúde mais fácil para aposentados, foi aprovada na Câmara dos Deputados a criação do VGBL Saúde. Pelo projeto, as empresas poderão contribuir no plano sem que o valor seja considerado parte do salário. Na prática, haverá isenção de alguns tributos. Para o beneficiário, a vantagem do VGBL é que será permitido destinar todo o saldo acumulado para pagar sem que haja desconto do Imposto de Renda. “Temos estudos que mostram que nos últimos cinco anos de vida uma pessoa gasta com saúde o equivalente a tudo o que ela já desembolsou com planos e ao longo da vida. Acreditamos que o produto terá um apelo muito grande uma vez que a população está envelhecendo”, diz o vice-presidente da FenaPrevi, Lúcio Flávio de Oliveira. Segundo Oliveira, a expectativa do setor é que o Senado aprove ainda neste ano o projeto do VGBL Saúde.

Fonte: O Estado de S. Paulo – 02/11/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *