Clínicas médicas populares são interditadas no Recife

Fonte: G1 – 15/03/2017
 
Consultórios operavam sem permissão da Vigilância Sanitária e terão multa de R$ 40 mil a R$ 400 mil. Problemas de higiene foram detectados nos locais.
 
Duas clínicas populares que funcionavam de forma irregular foram interditadas pela Prefeitura do Recife e pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO), nos bairros de Afogados e Vasco da Gama, nas zonas Oeste e Norte da capital, respectivamente. Inspeções foram realizadas após denúncias de irregularidades nos dois locais, onde foram encontrados problemas em processos como esterilização de materiais e higiene.
 
As duas unidades funcionavam sem licenciamento da Vigilância Sanitária (Visa). Os dois estabelecimentos pertencem ao mesmo dono, que vai responder a processo administrativo-sanitário e poderá pagar uma multa que varia de R$ 40 a R$ 400 mil. Nos locais, eram realizados atendimentos clínicos, incluindo de oftalmologia e dermatologia, consultas odontológicas e exames laboratoriais.
 
De acordo com os inspetores, a clínica não possui condições higiênico-sanitárias para funcionar. As clínicas só voltarão a funcionar depois que todas as exigências da Vigilância forem cumpridas. Segundo o Conselho Regional de Odontologia, a interdição ocorreu de forma ética, já que, de acordo com o órgão, não havia comprovação de dentista responsável pelo consultório.
 
Segundo a gerente de Vigilância Sanitária do Recife, Danielle Feitosa, as salas de raio-x operam em condições consideradas inadequadas. Em uma delas, por exemplo, a câmara escura fica dentro de um banheiro e, para lavar instrumentais, os operadores utilizavam detergente doméstico. Amostras de sangue e urina foram encontradas dentro de um isopor no local, misturadas entre si e sem garantia de temperatura adequada.
Outro problema detectado é que os dois estabelecimentos não apresentaram Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e contrato com empresa de recolhimento de lixo biológico. O G1 tentou, sem sucesso, entrar em contato com os responsáveis pelos estabelecimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *