Planos de saúde registram queda de beneficiários durante pandemia

O número de beneficiários de planos de saúde sofreu uma baixa de 283 mil vínculos entre abril e maio de 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus. Em maio, foram 700 mil adesões, inferior à média de 1,2 milhão dos meses anteriores, segundo a Nota de Acompanhamento de Beneficiários, do IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

“No comparativo de 12 meses, o setor perdeu pouco mais de 124 mil beneficiários. No entanto, só entre os meses de abril e maio, houve queda de 283 mil vínculos. O que acende uma luz de alerta para o setor. Esses dados refletem a queda da atividade econômica causada pela forte crise na saúde, provocada pelo novo coronavírus“, aponta José Cechin, superintendente executivo do IESS.

No período de 12 meses, houve uma queda 0,3% de usuários. A totalidade de beneficiários ficou abaixo de 47 milhões no país, de acordo com o instituto.

“Se no início da pandemia vimos subir levemente a contratação de planos, agora o brasileiro deixou de contratar, seja em função das milhares de vagas de trabalho congeladas, pelo risco do desemprego ou perda de poder aquisitivo”, analisa Cechin.

A perda de beneficiários no período foi impulsionada pela queda dos planos individuais. Em maio de 2020, foram contabilizados 8,95 milhões de clientes; já no mesmo mês em 2019, foram registrados 9,04 milhões — uma baixa de 53 mil pessoas.

Nos planos empresariais, foram 61 mil vínculos a menos. A modalidade de coletivos por adesão foi a única com crescimento, com 38 mil novos associados, alta de 0,6% na variação de 12 meses.

Fonte: UOL – 08/07/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *