Mesmo com proibição da ANS, boletos de planos de saúde de setembro devem vir com reajuste

Mesmo com a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) proibindo reajustes nos planos de saúde a partir de setembro, grande parte dos beneficiários receberá o próximo boleto com o valor acrescido.

Isso porque quando a agência determinou a suspensão dos reajustes, no dia 21 de agosto, muitos boletos já haviam sido processados pelas operadoras de planos de saúde. A informação é da Abramge, associação que reúne as operadoras.

A entidade recomenda aos beneficiários que contatem a operadora ou administradora do plano para negociar a melhor solução. Uma possibilidade seria fazer a compensação no mês seguinte.

De qualquer forma, a decisão da ANS apenas suspende os reajustes até dezembro. A diferença correspondente aos aumentos terá de ser paga a partir de janeiro de forma retroativa. Quem se beneficiar de quatro meses de suspensão, passará os quatro primeiros meses do ano que vem pagando o reajuste em dobro.

Fonte: O Globo – 27/08/2020
Por Mariana Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *