Apple Watch para controle de pacientes com câncer.

MedoPad-Apple-watch

Um hospital londrino, o King’s College Hospital, acaba de colocar o para gestão de medicamentos e adesão ao tratamento em pacientes tratados com quimioterapia.

O tratamento de câncer é uma longa jornada e a adesão a tratamentos complicados, com relatórios de problemas de saúde durante um tratamento são valores altos. O aplicativo, da empresa Medopad, é uma promessa para a melhoria da qualidade e da segurança de pacientes, cuidadores e provedores de cuidado.

A Medopad é uma companhia de saúde britânica que cria aplicativos para a prática clínica desde o lançamento do iPad. Agora com o Apple Watch, eles pretendem empoderar os pacientes para que se envolvam no tratamento com o uso de tecnologias.

O aplicativo combina lembretes de medicação com compartilhamento de dados, envolvendo diretamente o cuidador. Dados de atividades, sintomas e temperatura poderão ser enviados para o profissional de escolha. Caso os pacientes tenham alguma reação às drogas utilizadas, os médicos podem ajustar as prescrições com base em dados em tempo real.

O hospital oferece o Apple Watch diretamente para os pacientes – um ou dois agora, mas, quanto mais relógios se tornarem disponíveis, o plano é utilizar 100 ou mais. Ao final do tratamento, outro paciente pode utilizar o relógio e, assim, o custo poderia chegar a US$78 por paciente.

O National Health Service, sistema de saúde britânico e a Medopad pretendem liberar o aplicativo para hospitais na Inglaterra e na China. A startup já levantou cerca de $2,8 milhões desde sua fundação, em 2011, e seus investidores incluem Bayer, Intel e Vodafone.

Para ver a matéria original, acesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *