Custo da saúde

Fonte: Valor Econômico – 01/12/2016
O custo médico-hospitalar dos planos de individuais registrou aumento de 19% nos 12 meses encerrado em março deste ano – o que representa mais do que o dobro do IPCA nesse mesmo período, que ficou em 9,4%. Os dados são do Instituto de Estudo de Saúde Suplementar (IESS). O índice, conhecido no setor como VCMH (Variação do Custo Médico Hospitalar), é usado para cálculo do dos e mede os custos de consultas, exames, terapias e internações. As internações representam 60% do custo, seguidas por exames (15%), consultas (11%), terapias (10%) e outros serviços ambulatoriais (4%). Em março deste ano, havia 9,6 milhões de usuários de planos individuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *