Associação de empresas de saúde critica coluna de Mello Franco.

Por *

A judicialização na saúde é uma questão de relevância para a sociedade. Assim, a coluna de Bernardo Mello Franco foi imprópria ao abordar de forma simplista um assunto que afeta o sistema de saúde. No texto, o autor critica casos em que os planos de saúde negam cobertura de tratamentos experimentais ou não homologados pelo SUS. Porém ele não informa que há divergências no próprio mundo jurídico. A visão que tem prevalecido em relação aos planos de saúde tem posto em xeque a validade dos contratos. Essa conta acaba sendo paga pelo conjunto dos beneficiários. Para favorecer uns poucos, penaliza-se a coletividade.

Fonte: Folha Online – 13/08/2015

* ANTONIO CARLOS ABBATEPAOLO, diretor-executivo da (Associação Brasileira de Medicina de Grupo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *