Ministro destina R$ 16 milhões para saneamento e odontologia.

O convenio será firmado entre o Governo Estadual, através da Secretaria de Cidades e da Fundação Nacional de Saúde.

Por João Magalhães
O ministro da Saúde, Marcelo Castro assina às 9h, nesta sexta-feira (23), no Palácio de Karnak, investimentos de R$ 16 milhões que vão beneficiar 100 municípios na elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB). Além disso, juntamente com o governador Wellington Dias (PT), Castro entrega nove unidades móveis odontológicas.

A assinatura do convenio para os planos municipais de saneamento básico vai destinar R$ 16 milhões para que as Prefeituras cumpram prazos para adequação a Política Nacional de saneamento básico. O convenio será firmado entre o Governo Estadual, através da Secretaria de Cidades e da Fundação Nacional de Saúde, tem a finalidade proporcionar um melhor manejo da água, coleta e tratamento de esgoto, além de manter a limpeza urbana e o bom tratamento dos resíduos sólidos, visando à das comunidades.

Já as nove Unidades Móveis de Odontologia vão oferecer serviços de odontologia básica às comunidades quilombolas, populações rurais e de assentamentos nas cidades de Pau D’Arco do Piauí, Caxingó, Campo Largo do Piauí, Jardim do Mulato, Novo Santo Antônio, Monte Alegre do Piauí, Bom Principio, Sebastião Barros e Miguel Alves. Também serão contemplados os municípios de Batalha, Cristalândia, Palmeirais e Caraúbas, que deverão receber até a próxima semana, num calendário de entrega a ser informado pela indústria automobilística que fabrica as Unidades.

As Unidades são consultórios odontológicos estruturados em veículos devidamente adaptados e equipados para o desenvolvimento de ações de atenção à bucal a serem realizadas pelas Equipes de Saúde Bucal vinculadas às Equipes da Estratégia de Saúde da Família dos municípios. Os consultórios odontológicos têm a mesma capacidade de atendimento de um consultório odontológico tradicional. É a primeira visita oficial de Marcelo Castro como ao Piauí.

Fonte: Jornal O Dia – 23/10/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *