Abramge homenageia o dia Mundial dos Hospitais

Hoje,14 de Julho a Abramge – Associação Brasileira de Planos de Saúde, homenageia o dia Mundial dos Hospitais, importantes organizações do setor da saúde que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as funções básicas de um hospital são, promover a cura de doentes, prevenir doenças e contribuir para a educação e as pesquisas médicas mas, para a Abramge e a saúde humana são muito mais que isso, os hospitais são também locais de esperança, desenvolvimento humano e muito amor ao próximo.

Os hospitais surgiram na antiguidade mais longínqua e geralmente, eram ligados a alguma associação religiosa. Durante a guerra da Criméia (1854-1856), uma enfermeira italiana radicada na Inglaterra, chamada Florence Nightingale, criou as bases da moderna enfermagem, tornando possível aliar a medicina ao tratamento humanitário oferecido aos pacientes internados em hospitais.

Com o objetivo de que os assuntos pertinentes à área fossem debatidos anualmente pela sociedade, a OMS estabeleceu o dia 14 de julho como o Dia Mundial do Hospital, encerrando os eventos do setor,  iniciados em 2 de julho com o Dia Nacional do Hospital.

Os hospitais são denominados “gerais”, quando tratam de pessoas afetadas por qualquer tipo de doença, e “especializados”, quando destinados a determinado ramo da medicina, como: ortopedia, cardiologia, otorrinolaringologia e outras muitas especialidades médicas.

Com relação ao controle e à administração, os hospitais podem ser públicos ou particulares. Os públicos são mantidos pelo governo; os particulares, pela iniciativa privada (empresas, associações e entidades).

Em geral, as organizações hospitalares públicas atendem gratuitamente e sua proporção em relação aos hospitais particulares varia de país para país. Em países desenvolvidos, a assistência médico-hospitalar pública é garantida a todos os cidadãos, de modo eficiente e gratuito.

No Brasil, os primeiros-socorros foram prestados pelos padres Jesuítas, a partir de 1540. As primeiras Santas Casas de Misericórdia surgiram em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

Mas, foi em São Paulo que floresceram os mais famosos e bem equipados hospitais, como o Hospital das Clínicas da Faculdade de medicina da Universidade de São Paulo, considerado o maior complexo hospitalar da América Latina, vinculado à secretaria de Estado da Saúde.

Também têm destaque o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira, Hospital Albert Einstein, a Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência, entre outros.

Por isso, nesse dia e em todos os outros dias do ano, a Abramge homenageia à todos os hospitais do Brasil e do mundo, sejam eles públicos ou privados, com um grande parabéns ao nobre, necessário e produtivo trabalho feito diariamente por essas organizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *